CORO DE CÂMARA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

 

O Coro de Câmara da Universidade de Lisboa é fundado em Maio de 1997 pelo então diretor artístico, Maestro José Robert, tendo como maestro assistente Pedro Teixeira. Desde 2010 é dirigido pelo maestro Luís Almeida.

 

Do repertório do coro destacam-se as obras Bendita Sabedoria, de Heitor Villa Lobos, Pai Nosso, de Janacék, Requiem para seis Vozes, de Duarte Lobo, Missa Brevis de Kodaly, Missa Brevis em Memória de Aristides de Sousa Mendes, de Sérgio Azevedo e Díptico Mariano, de Eurico Carrapatoso, dedicado ao CCUL e apresentado no Concerto Comemorativo do 10º aniversário do Coro. No Festival dos Cem Dias, no âmbito da Exposição Mundial de Lisboa, o coro interpreta a parte coral da peça Naufrágios e Milagres, no Centro Cultural de Belém. 

 

Das parcerias com o Coro da Universidade de Lisboa, salientam-se a Catulli Carmina, de Carl Orff, a cantanta ecológica Summer Sunday, de Horovitz, O Pequeno Dicionário do Menino Jesus, de Fernando Lopes-Graça - sob a direcção Jean Sébastien Béreau - o concerto cénico do 50.º aniversário da Crise Académica de 1962 e a Mass of the Cildren, de John Rutter, também com o Coro Infantil da Universidade de Lisboa, que apresentou no concerto de encerramento da temporada Música em São Roque, em 2011.

 

De outras parcerias, contam-se a Orquestra Sinfonietta de Lisboa, a Orquestra Nacional do Porto, a Orquestra Metropolitana de Lisboa, a Orquestra Sinfónica Juvenil, a Orquestra do Norte, a Orquestra Barroca da ESML, o Ensemble Arabesco, o Coro do Tejo, a classe de canto da ESML, o Coro Infantil da Universidade de Lisboa, o organista Sérgio Silva e o guitarrista Júlio Guerreiro.

MAESTRO

Luís Almeida

É mestrando em Direcção Coral na Escola Superior de Música sob a orientação de Paulo Lourenço; tendo obtido o grau de licenciatura sob a orientação de Vasco Pearce de Azevedo. Estuda canto com Joana Nascimento.

 

É director artístico do Coro de Câmara da Universidade de Lisboa (CCUL) desde 2010  tendo desempenhado as funções de maestro assistente de José Robert entre 2006 e 2010. Fundou em 2015 o Coro Miosótis.

Em 2002 cria o ensemble vocal Capella Mundi com o qual interpretou Petite Messe Solennelle de G. Rossini, Requiem de G. Fauré, Messe de P. Hindemith, e obras de Charles Ives, R. R. Bennett, M. Ravel, C. Debussy, F. Piket, H. M. Górecki, J. Tavener, dedicando especial importância à interpretação de obras de compositores portugueses como E. Carrapatoso, J. Braga Santos, F. Lopes-Graça e L. Freitas Branco.

Frequentou as Jornadas de Música da Catedral da Sé de Évora, onde trabalhou com os maestros Peter Philips, Francisco d'Orey e Fernando Eldoro.

Participou na Ópera Infantil A Floresta de Eurico Carrapatoso na Covilhã e Castelo Branco, actuou na Festa de Música de 2009 e 2010 no atelier “Cantar Juntos”. Com Manon Marques foi co-autor do projecto Eras de Amor, apresentado no CCB em 2013.

 

Desde 2010 desenvolveu uma intensa actividade artística com os coros da Universidade de Lisboa (ULisboa), preparando programas diversificados em termos de época e estilo. Com ambos os coros da U.Lisboa apresentou-se em concerto na Aula Magna, CCB, Salão Nobre do IST, Coliseu Micaelense dos Açores, Teatro-Cine Covilhã e Teatro-Cine Abrantes, entre muitos outros.

 ACUL - Associação Coral da Universidade de Lisboa | direcao.acul@ulisboa.pt

    This site was designed with the
    .com
    website builder. Create your website today.
    Start Now